NAÇÃO FREESTYLE / FREESTYLE NATION

Seja Bem vindo a este blog que tem o intuito de divulgar os artistas freestyle internacionais e nacionais. Aqui você vai saber um pouco de sua história, curiosidades e de tudo que tá rolando sobre esse ritimo empolgante.

sábado, 20 de dezembro de 2008

JOHNNY O (parte 2)

Após o lançamento do primeiro álbum, Johnny O voltou com novo single “We Can’t Go On This Way”, fazendo um razoável sucesso nos clubes com essa música. Porém o maior sucesso desse ano viria com o single “Dreamgirl/Dreamboy”, um dueto com sua parceira de gravadora Cynthia. A história por trás dessa canção começou da seguinte forma, Mickey Garcia gravou a música com Johnny O cantando sozinho, então Elvin Molina, parceiro de Mickey, deu a idéia de gravar com a voz de Cynthia, porém o instrumental da música tinha ficado mais rápido, devido à voz doce e suave de Cynthia.

Então, o jeito era regravar todo instrumental novamente para a voz dela. Depois de dias e dias no estúdio, finalmente estava pronto para ser lançado. “Dreamgirl/Dreamboy” foi o single mais vendido da gravadora Micmac, vendendo mais de 20.000 exemplares, somente em uma semana. Então, surgiram os problemas enfrentados por uma pequena gravadora, dar conta de tantos pedidos. Por fim, tudo deu certo e foi só sucesso para a gravadora Micmac.

Em 1991, era lançado o segundo álbum de Johnny O, chamado “Like A Stranger”. Além dos dois primeiros singles, também teve outras músicas de destaque como “Don’t Ever Want To Loose Your Love”, “I Gave My Heart To You”, “Don’t Give Up On Love” e a própria “Like A Stranger”. Em 1993, Johnny O lançou um álbum de Remixes com seus maiores sucessos até o momento.

sábado, 13 de dezembro de 2008

GEORGE LAMOND (parte 2)

Após o lançamento do primeiro álbum “Bad Of The Heart”, George Lamond ficou um ano sem lançar material novo. Mas em 1992, ele estava devolta para o lançamento do segundo álbum “In My Life”. Esse álbum foi gravado um ano antes do seu lançamento oficial. Durante esse período muita coisa mudou. O estilo musical, o estilo de se vestir e principalmente as gravadoras que só se interessavam por Hip Hop e House Music que dominavam as rádios naquela época. Infelizmente, os artistas Freestyle que tinham contratos com grandes gravadoras, esse era o caso de George Lamond, foram obrigados a seguirem para outra direção, na idéia de alcançar um público ainda maior, do que seu público fiel.

A primeira música de trabalho do álbum “In My Life” lançada como single foi “Where Does That Leave Love”, que tinha a tradicional versão Freestyle, como também uma versão House, que foi mais divulgada nas rádios e nos clubes. O segundo single lançado era um duplo-single com a re-gravação da música dos Jackson Five “I Want You Back” para o mercado R&B e “Distant Heart”.

Outras músicas ganharam destaque nesse álbum, o cover “Cry For Love” de Jason Tomi, que ficou ótimo por sinal e a balada “Baby I Believe You”, que foi re-gravada mais tarde por New Kids On The Block. Isso foi ótimo, para que o público pudesse abrir a mente e acreditar no potencial desse artista. Agora George Lamond passaria de artista Dance para um artista Pop.


GEORGE LAMOND - WHERE DOES THAT LEAVE LOVE (CLUB MIX)
1992 Columbia Records


GEORGE LAMOND - WHERE DOES THAT LEAVE LOVE (LA BOOM EDIT)
1992 Columbia Records


GEORGE LAMOND - DISTANT HESRT (EXTENDED CLUB MIX)
1993 Columbia Records


GEORGE LAMOND - DISTANT HESRT (DUB MIX)
1993 Columbia Records


GEORGE LAMOND - CRY FOR LOVE

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

STEVIE B (parte 2)


Após o lançamento do primeiro álbum “Party Your Body” em 1988, Stevie B continuou lançando mais singles neste mesmo ano, como foi com “I Wanna Be The One”, que foi pontapé para Stevie B juntar material e no final de 1988, era lançado o segundo álbum “In My Eyes”, onde ele escreveu, arranjou e produziu, contando com a ajuda de outros parceiros como Dadgel Atabay e Glenn Gutierrez.

Com o sucesso do segundo álbum, em 1989, foram lançados mais dois singles referentes ao álbum “Girl I Am Searching For You” e In My Eyes”. Neste mesmo ano Stevie B também produziu o álbum da sua ex-backing vocal Jaya, com a ajuda de seu parceiro Glenn Gutierrez.

1988 LMR Records


1989 LMR Records


1989 LMR Records

domingo, 30 de novembro de 2008

FREESTYLE MADE IN BRAZIL (parte 1)

Em 1991, logo após o lançamento do terceiro álbum do “Funk Brasil”, que não obteve o mesmo sucesso dos seus anteriores, DJ’s e produtores nacionais resolveram internacionalizar o Funk Carioca produzindo músicas cantadas em inglês. O DJ Marlboro responsável pelos álbuns do “Funk Brasil” e o tecladista Humberto Mello, sob o nome de People Bass, produziram duas músicas que fizeram bastante sucesso nos bailes e nas rádios do Rio de Janeiro “Your Love” intepretado por Abdula e “Real Love” por Jackeline, que na verdade eram regravações de suas originais e não material novo, porém era o pontapé para o que viria nos anos seguintes com a nacionalização do Funk Melody, mas isso é uma outra história.

Outro grupo de DJ’s e produtores, denominados Bass Crew, que tem como integrantes o MC Guto e o Adriano DJ, produziram algumas músicas de própria autoria contando com a ajuda do cantor Latino, recém chegado dos Estados Unidos. Com essa união surgiram alguns sucessos como “Brought Me Love” e “Think About” interpretadas por Latino e também “You Took My Love” interpretada por You Can Dance e “Without You” por Mike Dee. Essas foram algumas das primeiras produções em Freestyle nacional ou seja, Funk Melody.

1991 Polygram Records

1991 Polygram Records
1991 Bass Crew Records

1991 Bass Crew Records

1993 Bass Crew Records

1993 Bass Crew Records

sábado, 22 de novembro de 2008

SOAVÉ


Jefrey Martinez nasceu em Nova Jersey e começou a cantar profissionalmente em 1989, quando conheceu o produtor Owen “O.S” Soba, que produziu o sucesso “Crying Over You”, na Micmac Records. Esse single dominou as paradas Freestyle dos Estados Unidos e alavancou sua carreira para o lançamento do segundo single “If You Want Me”, em 1990. Nesse segundo single, Soavé também obteve grande sucesso, provando que aquele jovem cantor tinha grande potencial.

No ano seguinte, veio o terceiro single “Don’t Look Back”, que não obteve o mesmo sucesso dos seus anteriores. Soavé ficou desaparecido por um tempo, só voltando em 1995, para o lançamento do quarto single “Where Did We Go Wrong” na Brewster Records.

Soavé se apresentou em vários clubes famosos como Studio 54, Roseland, Roxy entre outros. Ele também se apresentou em programas de TV e rádio. Sua música foi sucesso em várias cidades como Nova York, Miami, Califórnia, Filadélfia e Chicago.
1989 Micmac Records
1990 Micmac Records
1991 Micmac Records
1995 Brewster Records

sábado, 15 de novembro de 2008

TRILOGY

O grupo foi formado em 1984, por três rapazes porto-riquenhos vindo do Bronx e Brooklyn chamados CNR Rivera, J.R. Manset e Duran Ramos. O grupo fez uma audição na Jackie Jack Records e os proprietários da gravadora ficaram impressionados com os rapazes e logo assinaram contrato para gravação do primeiro single chamado “Red Hot”, em 1986.

Com o lançamento do primeiro single, o Trilogy se aprensentou em vários clubes de Nova York, inclusive o famoso Funhouse. Em 1987, o grupo assinou com a Prism Records e lançaram o segundo single “Latin Love”, que se tornou o grande sucesso do Trilogy, alcançando o primeiro lugar nas rádios Hot 103 e Power 96.

Em 1988, o Trilogy lançou o terceiro single “Gotta Be Free” na Prism Records. Ficaram dois anos desaparecidos e assinaram com ATCO Records para o lançamento do single “Love Me Forever” com produção de Robert Clivilles e David Cole. Nos anos 90 lançaram outros singles em versão House e também fizeram alguns vocais para o C&C Music Factory.
1986 Jackie Jack Records
1987 Prism Records
1988 Prism Records
1990 ATCO Records

domingo, 9 de novembro de 2008

BODY & STYLE

A história do grupo começou a ser traçada desde os anos 80, quando o jovem Cjay ouviu a canção de Judy Torres “No Reason To Cry” e sonhou em ter suas canções produzidas pelas mesmas pessoas que fizeram a história do Freestyle. Em breve seus sonhos se tornariam real, quando ele conheceu Spider, que foi um dos integrantes do TKA no início de carreira. Cjay lhe apresentou uma canção chamada “Listen To My Cries”, que Spider mostrou para Mickey Garcia, o homem por trás do sucesso de Judy Torres e acabara de montar sua gravadora, a Micmac. Cjay viu sua canção tomar vida e o Body & Style elevar a um nível de estabilidade como um dos artistas Freestyle da primeira geração.

Alguns anos mais tarde, Cjay conheceu Sandro Javier, que também sonhava em alcançar o estrelato na música. Sandro se apresentou em inúmeros lugares e eventos como artista. Sua habilidade em escrever e o sentimento que ele expressava foram os ingredientes que ajudaram a moldar o novo Body & Style. O grupo lançou outra música “Untouchable”, depois desapareceu da cena Freestyle.

BODY & STYLE - LISTEN TO MY CRIES (LISTEN TO MY CLUB VERSION)
1988 Micmac Records

BODY & STYLE - UNTOUCHABLE (ALBUM VERSION)
1992 Micmac Records

sábado, 1 de novembro de 2008

EXO

Esse grupo surgiu com o single “Why Did You Do It” em 1989, lançado pela Micmac Records. O grupo tem como integrantes David Santiago, Ismael A. Cardona e seu irmão Samuel A. Cardona como cantor líder. EXO fez um sucesso razoável neste primeiro single e no ano seguinte lançaram mais uma música “Do Or Die”, mas não obteve o mesmo sucesso do anterior. Depois disso não se ouviu falar mais do grupo, porém suas músicas podem ser encontradas nas compilações lançadas pela gravadora Micmac.

1989 Micmac Records



1990 Micmac Records

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

D'ZYRE

O grupo surgiu em 1990, com o estrondoso sucesso “Forever Amo’r”. Porém a história por trás dessa canção começou por volta de 1989, quando foi gravada a primeira versão de “Forever Amo’r”, com Troy Guy como cantor líder, Eric G. como backing vocal e Cruzita como vocalista feminino. Na época o DJ e produtor Mickey Oliver que gravou a música num rolo de fita, só tocava a música nos clubes onde ele residia, mais tarde ele prensou 3.000 cópias numa pequena gravadora de Chicago, a Hot Jams Records.

Um ano depois Troy Guy se desligou de Mickey Oliver e assinou com a DJ International Records e fez sua própria versão da música sob o nome de D’Zyre, junto com outra vocalista Andréia Salazar. Mas a história não acabou por ai não, Mickey Oliver re-lançou a música com os outros dois vocalistas originais, Eric G. e Cruzita, em outra gravadora a Saber Records sob o nome de Innefect.

Ao final dessa disputa, o D’Zyre levou a melhor, pois gravou outro single no ano seguinte com “Games Of Love” e anos depois Troy Guy seguiu carreira solo com mais uma música “Inside Your Love”. Eric G. gravou dois singles “Baby You Are The One” e “Here I Go Again” na Rio Records fazendo um razoável sucesso. O fato é que “Forever Amo’r” é uma das melhores músicas Freestyle de todos os tempos e pode ser encontrada em diversas compilações lançadas ao longo dos anos.
1990 D.J. International Records
D'ZYRE - FOREVER AMO'R (CLUB NOISE MIX)
1990 D.J. International Records
1991 D.J. International Records
D'ZYRE - GAMES OF LOVE (FUNK BEATS CLUB MIX)
1991 D.J. International Records
1990 Rio Records
1991 Saber Records
1997 B.O.S.S. Records
bonus
1990 D.J. International Records

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

METROPOLITAN

A gravadora foi fundada por dois estudantes, Jerry R. Salerno e Vicent J. Politan, ambos cursando a Universidade de Stanford. Nesse meio tempo eles realizaram 2 singles: Deniz – “You Were The One” e “Say Rayo! Brooklyn” uma música House interpretada por The Brooklyn Boys Choir. Deniz realizaria outro single dentro da Metropolitan chamado “Why Can’t You Love Me”. Ambos os singles da Deniz, foram produzidos e mixados por Frankie Gonzales.

sábado, 20 de setembro de 2008

SA-FIRE (Parte 2)

Em 1988, Sa-fire lançou seu quarto single “Love Is On Her Mind” com produção do duo Latin Rascals e Andy Panda, que também escreveu a canção. Mas seu maior sucesso viria com a balada “Thinking Of You”, que falava sobre um tema que muitos tentavam esconder na época, a AIDS. A música foi usada na campanha da luta contra a AIDS em todo EUA. Com “Thinking Of You”, Sa-fire alcançou o 20º lugar na parada nacional da Billboard.

O sucesso de Sa-fire continuou quando ela recebeu os prêmios de Melhor Vocalista Latina e Melhor Canção por “Thinking Of You” e ainda foi citada como uma das músicas mais tocadas em 1990. Em 1991, ela lançou o segundo álbum seguindo a linha do House que dominava os clubes da época, destaque para o single “Made Up My Mind” com backing vocals de Cynthia e George Lamond. Em 1996, Sa-fire seguiu para um estilo mais latino como a Salsa. Em 2001, ela estava de volta para o lançamento de um novo álbum, com seus maiores sucessos em versões remixes, e um novo single “Can You Stand The Rain” um dueto com sua amiga Cynthia. Suas músicas Freestyle é facilmente encontradas em várias compilações no mercado.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

THE COVER GIRLS (Parte 2)

Depois do lançamento do primeiro álbum “Show Me”, o grupo se apresentou em vários programas famosos de TV dos Estados Unidos. O primeiro álbum do Cover Girls vendeu mais de 1 milhão de cópias e ainda veínculou 5 singles na parada Dance da revista Billboard com “Because Of You”, “Inside Outside”, “Promise Me”, “Spring Love” e alcançando o segundo lugar com “Show Me”. O sucesso das meninas do Cover Girls chegou ao Japão, onde alcançaram o primeiro lugar nas paradas com o single “Show Me” em 1988 e ainda ganharam o disco duplo de platina com o álbum de mesmo nome. Lá o grupo fez uma grande turnê pelo país e ainda assinaram contrato com a Panasonic para fazerem comerciais.

O empresário Sal Abbatiello resolveu levar as meninas do Cover Girls para uma gravadora maior, pois o grupo precisava de uma melhor promoção pelo país. Depois de muita negociação, assinaram com a Capitol Records que lançaram o segundo álbum “We Can’t Go Wrong” em 1989. O primeiro single realizado foi “My Heart Skip A Beat” produzido pela dupla David Cole e Robert Clivilles, que mais tarde formariam o C&C Music Factory. Esse foi o sexto single do grupo a entrar na parada da Billboard. Depois o Cover Girls realizaram a balada “We Can’t Go Wrong” alcançando o segundo lugar na parada R&B, só ficando atrás de Mariah Carey.

THE COVER GIRLS - MY HEART SKIPS A BEAT (FUNHOUSE CLUB MIX)
1989 Capitol Records

THE COVER GIRLS - ALL THAT GLITTERS ISN'T GOLD (LP VERSION)
1989 Capitol Records

THE COVER GIRLS - WE CAN'T GO WRONG (LP VERSION)
1989 Capitol Records

sábado, 6 de setembro de 2008

VOYCE


Os rapazes vieram de Porto Rico e cresceram no bairro do Brooklyn, em Nova York. Eles alcançaram o sucesso em 1991, com o single “Within My Heart” lançado pela After Dark Records e distribuido pela Atco Records. Qualquer semelhança com o TKA é mera conscidência, pois a comparação foi inevitável pelo público, naquela época. Mas o grupo Voyce sempre procurou ter o seu próprio estilo.

O single “Within My Heart” estourou nos clubes e rádios de Nova York e foi produzido por Carlos Berrios e Angel Lebron, um dos integrantes do grupo. Em 1992, eles lançariam mais um single “Here We Are”, que teve as mãos de Tony Moran e Andy Panda na produção.

1991 Atco Records

1992 Atco Records


sábado, 23 de agosto de 2008

TKA (parte 2)


Continuação...

Após o sucesso do álbum “Scars Of Love”, o grupo TKA gravou a música “You Are The One” que fez parte da trilha sonora do filme “Lean On Me”, mas se quer tocou no filme. Como sempre acontece, algumas estações de rádio descobriram a canção e passaram a tocá-la em sua programção. A Tommy Boy Records decidiu realizar um 12’’ single para promover nos clubes. Conseqüentemente trouxe devolta o grupo às paradas de sucesso.

Em 1990, a música Freestyle perdia seu espaço e vários artistas resolveram seguir um caminho mais Pop. E com o TKA não foi diferente. Seu próximo single foi com a balada “I Won’t Give Up On You” e no mesmo ano o grupo lançou outro single no estilo House na música “Crash (Have Some Fun)” com a participação de Michelle Visage, que mais tarde integraria o grupo Seduction.

Em 1991, eles voltaram com o estilo que os-consagraram no single “Give Your Love To Me”, considerado a primeira música Freestyle que usou loops de Hip Hop para compor a batida. Mais tarde, o TKA lança mais um grande sucesso em sua carreira na música “Louder Than Love”, que também era, por sinal, o título do seu segundo álbum.

Apesar do sucesso do segundo álbum, o grupo resolveu terminar a carreira. A pressão da Tommy Boy Records de querer levá-los para um estilo Pop, eles optaram por seguir outros caminhos e experimentar novos sons, porém nada parecido com o TKA. Em homenagem aos fãs que aclamaram o grupo por 7 anos de carreira, eles decidiram lançar uma coletânea com seus maiores sucessos chamada TKA – The Greatest Hits. Com 14 faixas, sendo 2 inéditas como “Is It Love”, um dueto com Tony Moram que seria incluída no álbum solo de Kayel e “Maria”, lançada como a última música do TKA. Ironicamente, veio a se tornar o maior sucesso do grupo até aquele momento.

Após a separação do grupo, seus integrantes seguiram caminhos diferentes. Tony criou uma empresa de produção e gerenciamento de artistas. Angel entrou para um grupo de R&B chamado The Goodfellas. Kayel procurou novamente Joey Gardner para gravar um álbum de Hip Hop, entitulado “Swing Batta Swing” sob o nome de K7. Desse álbum saíram 3 sucessos internacionais, incluindo o mega hit “Come Baby Come”. Em 2000, uma surpresa para os fãs do Freestyle. Após 8 anos separados o TKA voltou a se unir para lançar a música “When I See You Again” e fazer a felicidade dos fãs, que a muito não esperavam uma volta do grupo. Em 2001, o TKA lança o terceiro álbum “Forever” seguindo a linha Dance Music.


1989 Tommy Boy Records




1992 Tommy Boy Records




1992 Tommy Boy Records


1992 Tommy Boy Records


1992 Tommy Boy Records


TKA - MARIA (STREET MIX)
1992 Tommy Boy Records


2000 Tommy Boy Records

sábado, 16 de agosto de 2008

CORO


Jose Coro nasceu em Nova York e cresceu em Miami, onde despontou seu talento. Encorajado por seu agente teatral, Coro seguiu em busca do sucesso. Seu primeiro trabalho foi num vídeo-clipe do cantor/ator Don Johnson. Logo após, foi convidado para participar de inúmeros episódios da série “Miami Vice”, que tinha como protagonista o ator Don Johnson. Depois da aparição na série “Miami Vice”, Coro pelejou para encontrar um grupo em que pudesse cantar. Mas sua procura foi em vão.

Até o dia que conheceu a sensação dos clubes de Miami, Stevie B. Logo virou backing vocal e dançarino nos shows de Stevie B. Em turnê por Nova York, sua terra natal, Coro conheceu o produtor Zahid Tariq, o parceiro certo e criativo que tanto procurava. O resultado dessa química foi a realização do primeiro single “Where Are You Tonight” pela Cutting Records em 1989. Esse single saiu das pickups dos DJ’s como um foguete para se tornar a gravação Freestyle mais tocada em Nova York e Miami. A música de Coro chegou ao Top 25 da Billboard e ele caiu na estrada para fazer diversos shows por todo o EUA.

Em 1990, Coro realizou seu segundo single “Can’t Let You Go”, que se igualou facilmente ao sucesso do primeiro, alavancando ainda mais sua carreira e suas elogiadas performances no palco. No ano seguinte foi lançado o terceiro single “My Fallen Angel”, mais um grande sucesso e conseqüentemente o primeiro álbum de Coro, com diversas músicas Freestyle e baladas.

Em 1993, Coro voltou com o single “Stand By Your Love”, depois ficou mais um tempo desaparecido e em 1996, reapareceu pelas mãos de Carlos Berrios no single “Do Unto Me”. Desde então Coro ficou desaparecido da cena Freestyle e não gravou mais nenhum álbum. Suas músicas podem ser encontradas hoje em diversas coletâneas de Freestyle.


1989 Cutting Records


1990 Cutting Records

1991 Charisma/Cutting Records

CORO - MY FALLEN ANGEL (MY ANGEL BEAT DUB)
1991 Charisma/Cutting Records

1991 Cutting Records

1991 Cutting Records

1991 Cutting Records

1991 Cutting Records

1993 Cutting Records

1996 Cutting Records

domingo, 10 de agosto de 2008

TIMMY T


Timothy Torres nasceu em Fresno, Califórnia. Desde criança se interessou por música e aos 12 anos começou a escrever canções. Aos 18 anos formou um grupo de Rap sob o nome de Timmy Tee e fazia letras para vários outros grupos da área, mas seu coração batia mesmo pela Dance Music. E foi nesse intuito que Timothy foi até uma loja de usados e comprou um sintetisador e uma bateria eletrônica, e montou um pequeno estúdio na garagem da sua casa. Lá ele escreveu e produziu a música “Time After Time” e gravou numa fita cassete e viajou até Los Angeles para fazer um demo de 12” (doze polegadas).

Quando recebeu as 250 cópias do single, saiu na sua moto para entregá-las em várias estações de rádio e clubes locais. E finalmente uma rádio local, a Hot 96 resolveu tocar a sua música e choveu telefonemas dos ouvintes querendo saber quem era que cantava aquela música. Então ele foi aconselhado a levar esse demo para uma estação maior, pois todos achavam que aquela música seria sucesso na certa.

Timothy dirigiu por duas horas até Los Angeles para entregar a sua demo na rádio Power 106 e escreveu na capa “toque a minha música, por favor”. Uma semana depois, um amigo de Timothy ligou dizendo que houviu a sua música tocar em várias rádios. Então foi um efeito dominó. Ele recebeu ligações de várias rádios do país, todos querendo uma cópia do single “Time After Time”. Mas ele, por si só, já estava sem dinheiro e sem condições de dar suporte a todos. Com ajuda de um amigo, eles conseguiram contato com uma gravadora. Um mês depois ele recebeu a ligação da Quality records querendo fazer negócios. Um dia depois, ele foi para Los Angeles assinar com a gravadora e sem dinheiro para pagar um hotel, teve que dormir no carro de seu irmão. Mas esse sacrifício não foi em vão, pois “Time After Time” vendeu mais de 500 mil cópias e alcançou o TOP 40 da Billboard.

Depois do sucesso do primeiro single, Timmy T falou de outras músicas que ele havia gravado no seu estúdio caseiro. O pessoal da gravadora perguntou se essas outras músicas eram tão boas quanto “Time After Time”. Então Timmy falou de uma canção de amor que eles iriam gostar muito. A música era “One More Try”, que se tornou o 1º lugar na parada Pop da Billboard e mais de 1 milhão de cópias vendidas, ganhando até disco de platina. Ele não poderia imaginar que faria tanto sucesso com essas músicas, que ele próprio gravou em sua garagem. Em 1990, a Quality Records lançou o primeiro álbum “Timmy T – Time After Time”, que teve mais outros sucessos como “What Will I Do” e “Over And Over”. Em 1992, Timmy T lançou o segundo álbum “All For Love”, que teve mais sucessos na sua carreira como “Cry A Million Tears”, “You're The One That I Love” e “Over You”, que fez parte do filme The Raffle. Suas músicas podem ser encontradas hoje em seus dois álbuns lançados ou em várias compilações de Freestyle.

1989 Quality Records



1990 Quality Records


1990 Quality Records

1990 Quality Records

1992 Quality Records

1992 Quality Records


segunda-feira, 4 de agosto de 2008

SHANA


Shana Petrone nasceu na Florida e é filha de famílias de gregos e italianos. Sua primeira apresentação em público foi aos 3 anos de idade.Com 10 anos de idade já recebia seu primeiro cachê, por cantar num coral em um casamento. Ela recebeu 25 dollares por issso. Shana fez de tudo um pouco. Trabalhou como modelo de sapatos, depois foi garçonete num restaurante na Florida.

Mas em 1989, aos 17 anos de idade, ela se tornou sucesso com o single “I Want You”, produzido por Steve Gordon na Vision Records, um agravadora de Miami. Em 1990, Shana realizou outro single na Vision Records chamado “You Can’t Get Away” com produção de Lewis A. Martineé (criador do Exposé e Sequal).

Neste mesmo ano, Shana lançou mais um single “Falling Slowly” e o primeiro álbum “Shana – I Want You”, com várias outras músicas Freestyle e baladas. Depois ficou um bom tempo desaparecida, até que em 1998 reapareceu no single “Heaven Bound”, num estilo totalmente diferente. Acredito ou não. Ela mudou do estilo Freestyle para o Country e ela assina agora Shana Petrone como cantora Country. Suas músicas Freestyle podem ser encontradas no seu álbum ou em várias compilações Freestyle lançadas até hoje.


1989 Vision Records

1990 Vision Records

1990 Vision Records


1990 Vision Records

1990 Vision Records

1990 Vision Records

quinta-feira, 24 de julho de 2008

CORINA


Corina Ayala é filha de porto-riquenhos e desde pequena morou no Bronx e Harlem Espanhol. Quando tinha 6 anos de idade cantava enfrente ao espelho e às vezes se apresentava para sua mãe. Vendo a abilidade da filha, sua mãe tratou logo em matricular Corina para tomar aulas de canto e ballet. Quando se tornou adolescente gravou com diversos produtores, teve um grupo feminino (na qual participava Brenda K. Starr) mas sem obter nenhum progresso. Então Corina achou que não era essa a carreira que deveria seguir. O seu pai insistiu que continuasse estudando Educação Formal ao mesmo tempo que sua carreira de cantora não decolasse. Estudando Leis Criminais no Colégio, Corina ainda perseguia sempre batalhando em se tornar uma cantora de sucesso. Corina logo pensou na realidade daquela época. Como uma latina vai se tornar sucesso, fazendo um som de branco.

Em 1987, sua sorte começou a mudar. Alguns amigos lhe apresentaram o empresário Pepper Negron, que a levou para uma audição com Carlos Berrios. Ele tocou uma melodia para ela e ainda não tinham a letra. Então, Corina se dispôs a escrevê-la junto com Carlos Berrios. Nascia ali o primeiro sucesso “Out Of Control”, produzido por Carlos Berrios e lançado pela Cutting Records.

Em 1988, Corina realizou o segundo single “Give Me Back My Heart”, desta vez com a foto dela na capa. O single foi produzido por T.K. Rodriguez e Aldo Marin na Cutting Records. Os fãs clamaram por uma nova música da Corina, infelizmente, foi uma longa espera para que a Cutting Records realizasse uma nova canção. Mas em 1990, essa espera acabou, com o lançamento do single “Loving You Like Crazy”. Produzido por Aldo Marin, se tornou o terceiro sucesso consecutivo da Corina.

Em 1991, Corina reencontrou Carlos Berrios para a realização do seu quarto single “Temptation”, que na verdade foi a primeira letra que ela apresentou para ele antes de “Out Of Control” em 1988. Apesar da comparação a “Together Forever” de Lisette Melendez, ambas tinham o som similar de Carlos Berrios, “Temptation” alcançou o 6º lugar na parada Pop da Billboard, coisa que não aconteceu a nenhuma outra música Freestyle anteriormente.

Após o sucesso de “Temptation”, Corina assinou com a ATCO Records para lançar o seu primeiro álbum e conseqüentemente o primeiro vídeo-clipe na música “Temptation”. O segundo single do álbum a ser lançado foi “Whispers”, que seguiu o mesmo caminho do anterior. O vídeo-clipe de “Whispers” foi considerado uma super produção na época, filmado num castelo com figurinos elaborados especialmente para a filmagem do clipe. O terceiro single do álbum a ser realizado foi “Now That You’re Gone”, em 1992. Nessa época as rádios diminuíram a música Freestyle de sua programação, assim como outros artistas, Corina se encontrou sem gravadora.

Depois de um logo tempo sem gravar, em 1997, Corina teve a oportunidade da regravação de “Summertime Summertime”, um clássico do Freestyle na voz de Nocera. Essa música entrou para uma compilação chamada Def Jam’s SoS o Def Bass All Star Volume II. O single de “Summertime Summertime” de Corina ganhou também uma versão em Espanhol para o mercado bilíngüe que se expandia pela Dance Music atual. Hoje Corina segue carreira de atriz e suas músicas podem ser encontradas no seu álbum ou em várias compilações de Freestyle lançadas no mercado.
1987 Cutting Records
1988 Cutting Records
1990 Cutting Records
1991 Cutting Records
1991 Cutting Records
1992 Cutting Records
1997 So So Def Records

quarta-feira, 16 de julho de 2008

SWEET SENSATION (Parte 2)


Continuação...
Antes do lançamento do primeiro álbum “Take It While It’s Hot”, Mari Fernandez deixou o grupo e foi substituída por Sheila Vega, que tiveram que refazer a capa do álbum com a foto de Sheila. Em 1990, o Sweet Sensation realizou o segundo álbum “Love Child”, trazendo como carro-chefe, a prórpia “Love Child”. Mas o grande sucesso do Sweet Sensation estaria por vir na balada “If Wishes Came True”, se tornando primeiro lugar na parada POP. Apesar do grande sucesso do grupo, os outros singles não alcançaram tal possição (“Hooked On You” – 23º lugar, “Sincerely Yours” – 16º lugar, “Love Child” – 13º lugar).

O Sweet Sensation saiu em turnê junto com NKOTB abrindo os seus shows. Também realizou um VHS com seus clipes e entrevistas. Em 1991, foi a vez das integrantes Sheila Vega e Margie Fernandez deixarem o grupo, sendo substituídas por Belle e Jenae, trazendo Betty Lebron ao cargo de vocalista. Nesse mesmo ano o Sweet Sensation lança um álbum de remixes “Time To Jam”. Fizeram vários shows, porém não realizaram nenhum novo material. O que levou Betty Lebron eventualmente a deixar o grupo e seguir carreira solo, culminando no fim do grupo. Suas músicas podem ser encontradas nos três albuns lançados ou em várias compilações de Freestyle.
1990 ATCO Records
1991 ATCO Records
1991 ATCO Records

quarta-feira, 2 de julho de 2008

CARLOS "AFTER DARK" BERRIOS


Sua história começou em Bogotá, na Colômbia. Filho de mãe colombiana e pai peruano, Carlos Berrios foi para Nova York aos 6 anos de idade, onde seus pais já haviam morado antes. Quando tinha 13 anos pegou um panfleto de uma festa e foi lá conferir. Chegando lá, viu o pessoal dançando, e detalhe, todos eram negros, exceto um cara branco que dançava muito engraçado. Logo percebeu que ele era o DJ da festa. Carlos Berrios se aproximou como quem não quer nada e logo estava amigo do DJ. Seu nome era Rick.

Para Carlos Berrios sua experiência como DJ estava perto. Seu amigo Rick sabia do interesse dele pelas pickups e convidou Carlos para conhecer seu equipamento. Essa foi sua primeira experiência com as pickups. Ele ficou muito empolgado com a idéia de se tornar um DJ e pediu dinheiro a sua mãe para comprar um par de pickups. Mas os pais vieram com o sermão de sempre: se ele tirasse boas notas na escola, poderia ganhar de presente. Então num belo dia sua mãe apareceu carregando duas pickups e seu sonho estava realizado. Assim que chegava da escola, Carlos praticava 8 horas por dia, já pensando em tocar nas festinhas.

Na sua primeira apresentação aconteceu um acidente com sua aparelhagem, pifando os auto-falantes. Então o líder de uma gang o-ameaçou se ele não continuasse com a música. Nessa época ele tinha 14 anos de idade. Mais tarde ele se mudou para outro bairro e os incidentes com garotos mais velho continuaram. O único amigo que tinha era o DJ Rick. Foi então que teve a idéia de montar uma equipe de som chamada After Dark Crew. Muitos olhavam sua jaqueta com aquele nome e logo pensavam de se tratar de uma gang, Carlos sempre tinha que explicar que eles eram apenas uma equipe de som.

O pai de Carlos Berrios viajava muito à trabalho e nessa ocasião tiveram que voltar para a Colômbia. Numa despedida muito triste, ele se despediu dos amigos, da namorada e do After Dark Crew, que ele considerava uma família. De volta à Colômbia teve que se adaptar, pois quando ele saiu de lá tinha apenas 6 anos. Na escola fez novas amizades, mas na verdade era um mundo novo para ele. Nas férias, voltou à Nova York e foi visitar seus amigos do After Drak Crew e descobriu que alguns tinham morrido por envolvimento com gangues, outros tinham se mudado de lá. Não era o mesmo lugar de antes.

De volta à Colômbia, ele chegou com vários lançamentos em discos. Foi até o clube mais famoso da Colômbia e ficou assistindo o DJ tocando a noite toda. No dia seguinte falou com o proprietário do clube e disse que foi DJ em Nova York e acabou de chegar de lá trazendo novos sucessos. Então na noite seguinte, Carlos Berrios teve a sua chance. Dividiu a noite com o DJ da casa, que também era programador de uma rádio da cidade. Então Carlos comentou sobre o Latin Rascals, que re-editavam os grandes sucessos para tocar em seu programa de rádio em Nova York. Carlos Berrios foi convencido que podia fazer o mesmo na rádio da cidade.

Um tempo depois sua família foi morar no Texas. Lá ele se casou com uma mexicana e finalmente voltou para Nova York. Trabalhou num banco, depois foi trabalhar num estúdio, onde editava filmes para TV. Lá conheceu Norty Cotto, que lhe ofereceu o primeiro trabalho de editor e produtor musical. Juntos produziram um medley chamado “Bits & Pieces 86”. No ano seguinte mais um medley “Bits & Pieces 87”. Esses trabalhos abriram as portas para o sucesso. Carlos Berrios passou a editar várias músicas em 1987, até que finalmente produziu seu primeiro single de sucesso na música “Out Of Control” interpretada pela cantora Corina. Continuou editando vários artistas e produziu mais um sucesso, Jasmin – “On The Loose”, neste ano.

Em 1988, continuou editando vários outros artistas e produziu a música “Make Noise”, descobrindo a cantora Lissette Melendez. Até que em 1990, produziu seu maior sucesso “Together Forever” de Lissette Melendez, a música que definiu a New School Freestyle. Mais tarde abriu sua própria gravadora, a After Dark Records, lançando vários artistas como Bethaney “End Of The Game”, Joei Mae “He’s My Baby” e “Promise Me Your Heart”, Nina Bena “Sweetheart” e Ron Esco “Give Me Your Heart”. Em 1996, lançou um álbum com os artistas da sua gravadora e continuou produzindo e editando vários outros artistas. Em 2008, Carlos “After Dark” Berrios está de volta com o lançamento de dois álbuns “Don’t look Back (Seasion One)” e “Don’t look Back (Seasion Two)” pela sua gravadora After Dark Records.

ONLY IN THE DARK - MAKE NOISE (CLUB VERSION)
1988 Profile Records

BETHANEY - END OF THE GAME (ALBUM VERSION)
1993 After Dark Records

JOEI MAE - HE'S MY BABY (REMIX)
1994 After Dark Records

THE KING OF FREESTYLE - BACK TIME (EP VERSION)
1994 After Dark Records

NICOLE DANIELS - NEVER GIVE UP (SLIPPER DANCE VERSION)
1994 After Dark Records

JOEI MAE - PROMISE ME YOUR HEART (HEART CLUB)
1995 After Dark Records

RON ESCO - GIVE ME YOUR HEART (CLUB MIX)
1996 After Dark Records

TINA ELISE - OPEN TO YOU (ALBUM VERSION)
1996 After Dark Records

segunda-feira, 23 de junho de 2008

NYASIA


Ela nasceu em West Palm Beach, na Florida e cresceu em Nova York sob o nome de Blanca Batista. A história por trás de seu nome artístico, se deu por conta de um amigo asiático de Blanca, que havia morrido de leucemia, então ela resolveu homenagiá-lo com seu nome. Após uma grande discursão sobre o assunto, finalmente o nome escolhido foi Nyasia, que além de ser seu nome nos palcos, também se tornou seu nome real.

Nyasia começou cantando muito nova em corais, e mais tarde, quando adolescente entrou para o show de talentos cantando a acapela de “Out Here On My Own” de Irene Cara, e claro venceu o concurso. Na verdade, Nyasia entrou para a cena Freestyle por acaso ao fazer um favor para um amigo dela, Willie Valentin Rivera que tinha um grupo chamado All-In, junto com Michael Anthony Bertot. Eles precisavam de uma dançarina para o grupo, pois a garota que iria se apresentar não viria mais. Então Nyasia aceitou o convite.

Na ocasião, acabou conhecendo o produtor/cantor Nelson “FFWD” Cruz, que lhe ofereceu uma audição na gravadora Micmac. Em 1991, Nyasia realizou seu primeiro single “Now and Forever”, escrito por Michael Bertot e produzido por Nelson Cruz. O single alcançou os primeiros lugares em Miami, Chicago e Texas. Seu segundo single “Who’s Got Your Love” passou pela Califórnia antes de se tornar sucesso em Nova York. Mais tarde vieram outros singles como “I’m The One”, “Midnight Passion”, “Don’t Waste My Time”, o dueto com George Anthony “Take Me Away”, “Time Two Lover” e mais um dueto com David “Stronger Together”.

Em 1995, a Micmac fechou as portas e Nyasia ficou sem gravadora. Então, em 1996, ela foi para a Florida e assinou com a X-Clusive Records, gravando seu primeiro single lá “I Feel The Way U Do”, que foi a primeira canção escrita por ela. Mais o single não foi bem promovido pela gravadora e Nyasia se desligou da X-Clusive Records. Em 1997, ela voltou para Nova York para se dedicar a família. Mais tarde Nyasia assinou com a Artistik Records, do seu amigo Willie Valentin Rivera e gravou “True Love”. Hoje suas músicas são encontradas em várias compilações de Freestyle.
1991 Micmac Records
1992 Micmac Records
1992 Micmac Records
1993 Micmac Records
1993 Micmac Records

segunda-feira, 9 de junho de 2008

TIANA

Tiana surgiu com o single “First True Love”, produzido por Mickey Garcia e Elvin Molina na Micmac Records em 1990. Essa música foi a única da gravadora a ficar entre as 100 Mais Pop da Parada da Billboard. Por conta desse sucesso Tiana gravou mais um single “Tell Me Why” nesse mesmo ano.

Em 1991, Tiana gravou seu terceiro single “Come To Me” e conseqüentemente o primeiro álbum, entitulado “Tiana”. Nesse álbum continham, além dos seus sucessos anteriores, como também a regravação de “Let The Music Play”, sucesso na voz da Shannon. Suas músicas podem ser encontradas em várias compilações de Freestyle hoje em dia.

1990 Micmac Records



1990 Micmac Records

1991 Micmac Records

1991 Micmac Records

segunda-feira, 2 de junho de 2008

GEORGE LAMOND (Parte 1)

George Garcia nasceu em Washington D.C., Capital dos Estados Unidos. Quando Menino se mudou para o Bronx, em Nova York com sua família, de oito pessoas no total. Nessa época, Garcia se mostrou interessado em expressar seu talento na arte, especificamente com desenhos. Convencido que o poder da arte seria a direção certa, não havia nada que tirasse o seu interesse nesse campo, onde queria estudar e seguir carreira. Com ajuda e suporte da família, George se inscreveu numa escola especializada em artes e designer, em Nova York.

Ele começou seus estudos visando um campo a seguir dentro das artes gráficas. George Garcia era talentoso e seguro nas coisas que fazia. Ele era organizado e determinado como pessoa e praticava a arte como a coisa mais importante na vida. Porém o mundo que envolvia o jovem Garcia, prontamente determinado a conquistar o mundo, mudou o curso de sua vida lhe mostrando a direção do seu destino.

Aquele jovem também tinha um outro talento, o de cantar. Aquele tenor era flexível e fazia performance em shows locais, ao mesmo tempo, que seguia sua carreira nas artes gráficas. George se tornou uma figura regular nos vários clubes de Nova York, principalmente na cena Freestyle da época. Mesmo muito jovem, ele tinha um caminho a escolher pela frente. E ele tomou a decisão certa em sua vida. Pois George Garcia não era apenas outro jovem tentando a sorte na música ou outro calouro de clube. A sua carreira no Freestyle estava no sangue de sua família. George começou fazendo backing vocal nos singles “Everything I Own” e “Counting The Days” de seu primo Joey Kidd. Então ele passou a ser uma figura conhecida na comunidade musical de Nova York, emprestando sua voz para vários outros artistas.

Nesse meio tempo, George conheceu os produtores Chris Barbosa e Mark Ligget, que estavam montando a Ligosa Records e já tinham lançado o grupo Monet, e naquele momento estavam formando um novo grupo chamado Loose Touch. Pois em 1989, aos 18 anos de idade, George gravou o single “Bad Of The Heart” à frente do grupo Loose Touch. Com uma boa resposta do público, Barbosa e Ligget levaram a gravação para uma gravadora maior e com a ajuda de um amigo que trabalhava na Columbia Records, George assinou com a gravadora e re-lançou “Bad Of The Heart”, agora creditado simplesmente como George Lamond, seu nome artístico.

O single entrou para o TOP 30 da parada POP da Billboard e tornou George Lamond o artista Freestyle do momento, com sua voz poderosa e performance energética, assim definiram os críticos da época. Mais tarde vieram mais dois singles “Without You” e “Look Into My Eyes” até o lançamento do primeiro album “Bad Of The Heart”, mostrando ao Mercado da música a nova cara do Freestyle.

1989 Ligosa Records




1990 Columbia Records

1990 Columbia Records

1990 Columbia Records

quinta-feira, 29 de maio de 2008

STEVIE B (parte 1)


Steven Bernard Hill passava seus dias vivendo em Miami sonhando em se tornar um cantor de sucesso. Essa história começou em 1980, quando ele gravou seu primeiro single chamado "Sending Out For Love". Sem sucesso obitido, ele passou a tocar teclado para bandas locais. Para conseguir dinheiro Stevie começou também a produzir músicas para outros artistas. Já pelo ano de 1986 ele montou seu próprio estúdio de gravação, o Midtown Records e continuou produzindo outros artistas como Miami Jam Crew, Hassan, Tolga e também o seu segundo single "Party Your Body", co-produzido por Tolga Katas, tornando o seu primeiro sucesso.

Em 1988, Stevie B continuou trabalhando com outros artistas como no single B.V.S.M.P. “I Need You”, onde ele escreveu a letra e arranjou a música. Nesse mesmo ano ele lançou seu 2º single “Dreamin’ Of Love”, só que dessa vez lançado pela Lefrak-Moelis Records. Neste single ele também escreveu, arranjou e produziu a música, contando ainda com a ajuda de Tolga Katas. Ainda neste ano veio o grande sucesso “Spring Love” e o 1º álbum “Party Your Body” produzido e arranjado por Stevie B e Tolga Katas na Lefrak-Moelis Records.


1987 Lefrak-Moelis Records

STEVIE B - PARTY YOUR BODY (VOCAL DUB)
1987 Lefrak-Moelis Records

1988 Lefrak-Moelis Records

1989 Lefrak-Moelis Records

STEVIE B - SPRING LOVE (DUB)
1989 Lefrak-Moelis Records

quinta-feira, 22 de maio de 2008

FASCINATION


Elsie Rodriguez nasceu no Bronx em Nova York. Sempre viveu sonhando que um dia pudesse se tornar uma cantora de sucesso. Com essa idéia na cabeça, ela começou a estudar música, artes dramáticas e dança. Elsie adorava dançar e por conta disso ela teve sua maior oportunidade de realizar seu sonho. Ela foi descoberta dançando num clube em Nova York e foi introduzida na música pelo famoso produtor Todd Terry. A partir daí, ela gravou seu primeiro single “Why You Wanna Go” sob o nome de Fascination, na Vinylmania Records, em 1987. Este single se tornou um grande sucesso nos clubes e nas rádios.

Em 1988, Fascination realizou o segundo single “Don’t You Think It’s Time”, na Vinylmania, seguindo o mesmo sucesso do anterior. Ainda nesse mesmo ano, ela realizou o terceiro single “Go Away”, que tinha como backing vocals Nocera e Lydia Lee Love, mas não obteve o mesmo sucesso dos anteriores.

Em 1990, Fascination assinou com a Cutting Records gravando seu primeiro single “Remember”, tornando sucesso novamente, alcançando o Top Dance da Billboard. Mais tarde realizou outros singles como "Want You Back", "Don't Get Me Wrong", “Still Miss You” e “Wans’t Love”, com backing vocals de George Lamond. Suas músicas podem ser encontradas em várias compilações de Freestyle.


1987 Vinylmania Records


1988 Vinylmania Records

1988 Vinylmania Records

1990 Lumar Records


1991 Lumar Records

1993 Cutting Records

1994 Cutting Records

1995 Cutting Records

quinta-feira, 15 de maio de 2008

JOHNNY O (parte 1)


Johnny Ortiz, nasceu no Brooklyn, em Nova York e sempre foi fascinado pela música. Essa fascinação que o levou a sonhar que um dia poderia fazer parte da indústria da música, como eles chamam lá nos Estados Unidos. Johnny passava os dias em frente ao espelho, em seu quarto, cantando para si. Foi com essa expressão que ele enfrentou a realidade para chegar a se tornar um cantor famoso.

Esse grande passo aconteceu quando Johnny trabalhava num bar de propriedade de seu Tio. Foi quando lhe contou, que aquele jovem ali sentado comemorando com seus amigos havia feito a sua marca na indústria da música. Seu nome Mickey Garcia. Seu Tio lhe contou que ele havia trabalhado no bar, algum tempo atrás. Johnny notou a mudança e todo aquele status de celebridade que Mickey recebia de seus amigos ali presente. E foi nesse momento que Johnny pediu uma audição para Mickey, que ele havia composto uma canção. Mickey ficou pasmo com aquela proposta excessiva daquele desconhecido. Então marcou uma audição com Johnny.

A canção era “Fantasy Girl”. Essa música foi escrita por Johnny-O para uma antiga amiga que morreu de câncer. Na verdade era um poema, em que Mickey Garcia transformou num sucesso brilhante conhecido hoje, em todo o mundo. “Fantasy Girl” abriu as portas para elevar o status de celebridade de Johnny-O na indústria da música. Mais tarde vieram outros singles como “Highways Of Love”, “Don’t Go Away” e “Memories” até o lançamento do primeiro álbum de Johnny-O.
1987 Micmac Records
1989 Micmac Records
1989 Micmac Records
1989 Micmac Records
1989 Micmac Records

domingo, 11 de maio de 2008

RIOS SISTERS


Descendentes de Porto Rico, as irmãs gêmeas Awilda e Mildred Rios nasceram no Brooklyn, em Nova York. Suas primeiras performances foram aos 5 anos de idade, quando sua mãe matriculou as gêmeas em aulas de ballet. Elas também cantavam em coro na escola, mas não era uma coisa profissional. Até que começaram a fazer backing vocal em vários clubes de Nova York. Mais tarde conheceram os produtores Mickey Garcia e Elvin Molina que procuravam por artistas para a Micmac Records. Juntas Awilda e Mildred escreveram e arranjaram seu primeiro single “You” e juntas formaram o duo sexy The Rios Sisters. A música foi bem nos clubes e nas rádios. O duo não só se apresentaram em Nova York, como também na Flórida, Califórnia e mais tarde em Porto Rico.

Conseqüentemente o duo sexy realizou mais dois singles na Micmac Records, “Hold Me” em que escreveram e arranjaram a canção e “Are You Looking For Love”. Mais tarde o Rios Sisters realizou mais um single na Onna Roll Records, “I Don’t Want You Back”, que também foi escrito e arranjado pelas irmãs. Uma canção chamada “Love Stays”, pouco conhecida, também faz parte do curriculum das gêmeas. Depois elas se dedicaram a carreira de atriz e participaram de alguns filmes para televisão e cinema, além de comerciais para TV. Suas canções podem ser encontradas em várias compilações de Freestyle hoje em dia.
1987 Micmac Records
1988 Micmac Records
1988 Micmac Records
1989 Micmac Records
1991 Onna Roll Records
Obs: A qualidade está ruim, serve apenas como registro

sexta-feira, 2 de maio de 2008

JUDY TORRES


Desde pequena Judy procurou ser uma cantora. Ao assistir um programa de talentos na TV, ela tomou uma decisão. Que se tornaria uma cantora de sucesso. Aos 6 anos de idade, Judy já havia escrito sua primeira canção, chamada “Mama Don’t”, porque sua mãe à espancava às vezes. Não é que sua mãe adorou a canção e até parou de espancá-la.

Focando sempre em ser uma cantora, que Judy se envolveu em Teatro Musical na escola e teve aulas de canto. Mais tarde aprendeu a ler música e participar de qualquer show de talentos pela cidade. Foi num desses shows, que ela conheceu o seu primeiro empresário George Vascones. Isso aconteceu quando Judy tinha 17 anos de idade e na ocasião, participava do famoso “Gongo Show”, num Night Club no Bronx, onde George era um dos juízes. George Vascones era conhecido como um dos juízes que sempre tocava o gongo, para dar um pouco de humor à competição. Depois de ver que Judy tinha talento pra coisa, logo se interessou em empresariá-la.

Fizeram shows durante seis meses com um repertório que incluía Whitney Houston, Irene Cara entre outras, mas sem nenhuma música própria. Então George Vascones arranjou-lhe uma audição com seu amigo e produtor Mickey Garcia, que havia escrito uma nova canção chamada “Love’s Gonna Get You Tonight” e precisava de uma vocalista para interpretá-la. No mesmo momento Mickey Garcia fazia uma audição com outra garota, chamada Vickie Ryan para a música “No Reason To Cry”. Vickie achou que essa música seria um fracasso e pediu para gravar a outra que seria para Judy Torres. Mickey voltou atrás e fizeram a troca das músicas.

Então Judy Torres gravou “No Reason To Cry” e assinaram com uma pequena gravadora chamada Jackie Jack Records. Mas lá não era a maneira mais rápida de Judy chegar ao sucesso. Então Mickey falou com seu amigo Eddie O’laughlin, presidente da Next Plateau, quem fora responsável pelo seu primeiro sucesso como autor e produtor na música “I Won’t stop Loving You” do C-Bank. Mas no momento, Eddie estava envolvido em vários negócios na gravadora e telefonou para seu amigo, proprietário da Profile Records, Cory Robbins (hoje Robbins Entertainment). Ele gostou da música e pediu que Mickey fizesse alguns remixes e mandasse para ele. Em 1987, Judy Torres assinou com a Profile Records e relançaram o single “No Reason To Cry” e no mesmo ano realizaram mais um single “Come Into My Arms”.

Essas duas músicas tocaram em algumas rádios nos EUA fazendo com que Judy Torres se tornasse uma cantora conhecida. O sucesso desses dois singles garantiram a oportunidade da gravação do primeiro álbum chamado “Love Story”. O album contava com o recente sucesso “Love You Will You Love Me” e as novas “Please Stay Tonight” e “Missing Apart”. Com o sucesso do álbum Judy foi forçada a largar os estudos e viajou por todo os EUA abrindo shows para grandes celebridades como Gladys Knights, Tito Puentes, Menudo, Célia Cruz e Lisa Lisa entre outros.

Em 1992, Judy Torres realizou seu segundo álbum “My Soul” e foi comparada às grandes cantoras da época como Whitney Houston e Taylor Dayne. Esse novo álbum foi dedicado à prevenção da violência doméstica e seus sobriviventes, como ela. O primeiro single lançado, “I Love You For All Seasons” recebeu atenção nacional das rádios dos EUA e se tornou o primeiro clipe da Judy Torres. Desde então suas músicas podem ser encontradas em várias compilações de Freestyle.
1987 Profile Records
1987 Profile Records
1987 Profile Records
1989 Profile Records
1989 Profile Records
1990 Profile Records